Duas provas GFNY durante o final de semana

Duas provas GFNY durante o final de semana

Dia 17 será um domingo especial, com duas grandes provas do calendário GFNY. Punta del Este no Uruguai e Monterrey no México vão receber os ciclistas verdes apaixonados para encarar os desafios.

GFNY Monterey

Será a segunda edição do GFNY em Monterrey. A maior cidade mexicana do estado de Nuevo León e a nona cidade mais populosa e o segundo maior centro industrial do país. A cidade é atravessada pelo Rio Santa Catarina e está aos pés da Serra Madre Oriental, que lhe proporciona grande beleza. A temperatura média anual é de 21 °C, porém agora em março pode chegar aos 38 °C. Mas nada que espante os atletas em busca de desafios.

Para o GFNY Monterrey são esperados 1.300 ciclistas de 20 países. E é esperada grande presença de público para assistir a largada no centro da cidade, no Parque Fundadora.

O percurso longo e competitivo terá 149km com 1.711m de altimetria e passa por relevos até chegar ao topo da lendária Chipinque Mountain, após um trecho de escalada de 7km. A vista proporciona grande beleza, lembrando vales no estilo europeu. E o percurso médio, não competitivo, terá 105km com 708m de altimetria, mas não pega a grande subida de Chipinque Mountain.

GFNY Uruguay

Punta del Este receberá mais uma edição do GFNY Uruguay. Ano passado a forte chuva que atingiu a região fez com que os organizadores, orientados pelas autoridades locais, cancelassem a prova, por falta de condições climáticas. Não só o GFNY foi afetado, mas todas as atividades da região. Mas agora é outra história. 500 ciclistas de 23 países pisarão firmes em Punta del Este e enfrentarão a prova, passando pelo coração da cidade e belas estradas costeiras rumo ao interior. Fora da rota costeira os atletas passarão por belas paisagens e aldeias de casas com arquitetura colorida e depois retornarão à linha de chegada no principal hotel, o Enjoy Punta del Este. Convidativo, não acham?

Punta del Este já foi considerada o balneário mais luxuoso da América do Sul pela Revista Forbes em 2008. A cidade foi fundada em 1829, com nome de Villa Ituzaingó, e somente em 1907 passou a se chamar Punta del Este (“ponta do leste”), que representa bem o lugar, na extremidade oriental do Uruguai. A ponta da península marca a divisão entre o Oceano Atlântico e o Rio da Prata.

O percurso longo e competitivo terá 171km com 1.789m de altimetria, contanto 9 subidas, podendo chegar à inclinação máxima de 12%. El Chorro é a primeira subida, logo no início da corrida, e mais à frente chega Zanja del Tigra, uma subida de 3,5km até o pico mais alto, depois uma descida até a volta à Punta del Este. E o percurso médio, nua competitivo, terá 84km com 681m de altimetria, mesmo assim pegando 2 subidas.

As duas provas, GFNY Monterrey e GFNY Uruguay são válidas para classificar os 10% melhores colocados em cada categoria, no percurso longo e competitivo, para participar do pelotão de largada Race no Campagnolo GFNY World Championship que será realizado em Nova York em 19 de maio de 2019.

Imagens: arquivos GFNY e SPORTOGRAF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *