Brasil leva susto mas garante a vitória

Brasil leva susto mas garante a vitória

A Seleção Brasileira entrou em campo no estádio Eden Arena, na cidade de Praga para amistoso contra a República Tcheca. E coisa não estava ainda tão bem assim. A camisa canarinho, a pressão de um país inteiro, os testes, desfalques, os adversários crescendo, ou seja, todo aquele peso nas costas. Fato, isso pesa! E o time ainda é um grupo muito forte, unido e animado, o clima é bom, mas o entrosamento dentro de campo ainda não vingou. Fato, vamos lá… poucos amistosos, jogos muito espaçados, troca de jogadores, aquela pressão de clubes e patrocinadores que, sabemos, nem sempre liberam os jogadores, além de lesões. O grupo para a Copa América será misto de experiência e caras novas. Mas tudo isso afeta. Seleção não é clube, então não tem aquele dia a dia de entrosamento.

Voltando aos 90 minutos do jogo. Como o técnico Tite anunciou desde o final do amistoso anterior contra o Panamá, haveriam mudanças, e 6 delas foram feitas no time. O primeiro tempo foi fraco e com leve domínio da República Tcheca e aos 36 minutos Pavelka chutou e abriu o placar. Na volta para o segundo tempo o Brasil veio mais contundente e já aos 2 minutos Firmino empatou. Aos 37 minutos Gabriel Jesus virou jogo e aos de novo Gabriel Jesus tentou e no rebote carimbou a rede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *