Tour de France 2021 – Nils Politt vence etapa 12

Tour de France 2021 – Nils Politt vence etapa 12

O alemão Nils Politt (Bora-Hansgrohe) conquistou a vitória da etapa 12 do Tour de France. A etapa teve 159,4 km, entre St-Paul-Trois e Chateaux Nimes. Imanol Erviti (Movistar) e Harry Sweeny (Lotto Soudal) terminaram em 2º e 3º, 31 segundos atrás de Politt.

Os 3 primeiros estavam em um grupo que escapou faltando 40 km para a meta. Nils Politt assumiu a ponta sozinho após três ataques, faltando 12km para o fim da etapa e cruzou a meta com o tempo de 3h22min12s. O restante do pelotão da fuga do dia contou com o trabalho do campeão mundial Julian Alaphilippe (Deceuninck QuickStep) e terminou 2 minutos depois o líder. Esta é a segunda vitória de Politt no ciclismo profissional, a primeira foi no Deutschland Tour de 2018, e esta é a primeira em um Grand Tour. O alemão de 27 anos ainda venceu o prêmio de mais combativo da etapa.

Inacreditável. É um sonho vencer uma etapa no Tour de France. Foi triste que Sagan teve que sair. Começamos a etapa com vento cruzado. Havia muitos velocistas no nosso grupo, por isso tive de tornar a corrida dura e atacar bem cedo. Fiz o primeiro ataque. Eu dei tudo. Terminar sozinho é inacreditável. Ciclismo é a minha paixão.

Nils Politt

O destaque negativo do dia para a Bora-Hansgrohe, equipe de Politt, foi o abandono do líder da equipe, Peter Sagan. Sagan não largou para a etapa 12 por dores fortes no joelho, ele contou que estava aguentando as dores, mas o joelho inchou e ele não conseguia mais dobrar a perna.

Não é bom abandonar, mas não há nada que eu possa fazer a não ser descansar um pouco e melhorar. Se você não consegue mover a perna, para onde pode ir?

Peter Sagan
Peter Sagan não largou para a etapa 12 com dores no joelho

O grupo de 13 ciclistas que escapou, tinha André Greipel (Israel-Start Up-Nation), Edward Theuns (Trek -Segafredo), Stefan Küng (Groupama-FDJ), Stefan Bissegger (EF Education-Nippo), Connor Samsgrohe (Arkea-FDJ) ), Harry Sweeny e Brent Van Moer (Lotto-Soudal), Luka Mezgec (BikeExchange), Sergio Henao (Qhubeka-Nexthash) e Edvald Boasson Hagen (TotalEnergies).

Faltando 50km para o fim, o grupo da frente tinha vantagem de 12min45s sobre o pelotão perseguidor, Politt atacou e se destacou do grupo da frente, Swift reagiu e Mezgec logo alcançou os dois. Politt, Sweeny, Küng e Erviti partiram na frente 40 km antes do final, Küng ficou para trás faltando 14 km para o final e o restante do grupo já estava com 15 minutos de vantagem para o pelotão.

A classificação geral não sofreu alterações, o esloveno Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) segue com a camisa amarela e 5min18s de vantagem sobre o 2º colocado, Rigoberto Uran (EF Education-Nippo). Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) é o 3º, a 5min32s.

Os primeiros quilômetros foram realmente loucos, mas minha equipe inteira e eu estávamos na frente e nos sentindo bem. Gastamos um pouco de energia na frente, porque puxamos para controlar, mas está tudo bem. É melhor eu pedalar defensivamente a partir de agora, porque vimos ontem no Mont Ventoux que tem muitos ciclistas fortes no grupo. Tudo pode acontecer nos Pireneus. De qualquer forma, a minha diferença em relação ao segundo classificado é grande o suficiente, por isso não estou preocupado.

Tadej Pogacar

Melhores momentos – Etapa 12

Top 10 – Etapa 12

1- Nils Politt (Bora-Hansgrohe) – 3:22:12
2- Imanol Erviti (Movistar Team) – 0:00:31
3- Harry Sweeny (Lotto Soudal) – m.t.
4- Stefan Küng (Groupama-FDJ) – 0:01:58
5- Luka Mezgec (Team BikeExchange) – 0:02:06
6- André Greipel (Israel Start-up Nation) – m.t.
7- Edward Theuns (Trek-Segafredo) – m.t.
8- Brent Van Moer (Lotto Soudal) – m.t.
9- Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep) – m.t.
10- Sergio Henao Montoya (Qhubeka-NextHash) – m.t.

Classificação Geral

1- Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) – 47:22:43
2- Rigoberto Uran (EF Education-Nippo) – 0:05:18
3- Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) – 0:05:32
4- Richard Carapaz (Ineos Grenadiers) – 0:05:33
5- Ben O’Connor (AG2R Citroën Team) – 0:05:58
6- Wilco Kelderman (Bora-Hansgrohe) – 0:06:16
7- Alexey Lutsenko (Astana-Premier Tech) – 0:06:30
8- Enric Mas Nicolau (Movistar Team) – 0:07:11
9- Guillaume Martin (Cofidis) – 0:09:29
10- Pello Bilbao (Bahrain Victorious) – 0:10:28

Camisas

Aarela: Tadej Pogacar (UAE Emirates)
Verde: Mark Cavendish (Deceuninck-QuickStep)
Bolinhas vermelhas: Nairo Quintana (Arkea-Samsic)
Branca: Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Percurso etapa 12

A etapa 12 terá 159,4 km de extensão, entre St-Paul-Trois e Chateaux Nimes, e será mais uma etapa para os velocistas brigarem pelos pontos da classificação da camisa verde. O percurso por Ardèche pode ter fortes ventos nas estradas abertas.

Veja mais no site oficial do Tour de France, clicando aqui.

Fique ligado no SprintNews e leia todas as matérias da Tour de France, clicando aqui.