La Vuelta 2021 – Primoz Roglic vence etapa 21 e é tricampeão

La Vuelta 2021 – Primoz Roglic vence etapa 21 e é tricampeão

Primoz Roglic (Jumbo-Visma) é tricampeão da La Vuelta, o esloveno repetiu as conquistas de 2020 e 2019 e terminou a edição de 2021 com a camisa vermelha de líder da classificação geral. Roglic mostrou porque é um dos grandes ciclistas do pelotão atualmente. Depois de cair e abandonar o Tour de France, conquistou a medalha de ouro no contrarrelógio olímpico em Tóquio e agora conquista sua terceira vitória seguida na corrida espanhola.

Roglic manteve o domínio da corrida ao longo das 21 etapas, foi estratégico e preciso durante toda a Vuelta. Favorito nas etapas de contrarrelógio, já vestiu a Vermelha logo no primeira etapa. Rein Taaramäe assumiu a liderança geral na etapa 3. Depois veio Kenny Elissonde (Trek Segafredo) na etapa 5. Roglic voltou a vesti-la na etapa 6 e ficou com ela até a etapa 10, quando sofreu uma queda na descida do Rincon de la Victoria, passando a liderança para o norueguês Odd Christian Eiking (Intermarché). Eiking seguiu na liderança até a etapa 16 enquanto Roglic seguia com a 3ª colocação na geral.

Primoz

Roglic não se abalou com a 3ª colocação e contou com o excelente trabalho de sua equipe, que o protegia no percurso e não deixava que Eiking aumentasse sua vantagem na ponta. O fato de não estar na liderança diminuiu a sensação da responsabilidade e deixou que Roglic corresse mais tranquilo e pudesse descansar em algumas etapas mais duras. A vitória da etapa 17 com a chegada ao alto em Covadonga trouxe a camisa vermelha de volta para o esloveno. A partir daí, Roglic passou a administrar a corrida e a vantagem para os perseguidores, o esloveno tentou manter a diferença para Enric Mas (Movistar), que vinha em segundo, na casa dos dois minutos e meio, Enric Mas não conseguia diminuir a diferença além deste ponto. A vitória nas duas etapas de contrarrelógio e as excelentes atuações nas etapas de montanha, como em Covadonga mostraram toda a versatilidade do ciclista esloveno.

Dali em diante, ele estava no controle. Apesar das duras etapas que ainda restavam pela frente, manteve sempre uma margem segura de pelo aproximadamente 2’30”, para Enric Mas (Movistar), seu principal adversário, apesar de nunca sequer ter conseguido ameaça-lo. Ao conquistar o contra-relógio de hoje e vestir definitivamente a Vermelha, chegou a ultrapassar o Espanhol nos últimos metros do contra-relógio e colocou mais de 2 minutos na sua conta. Mas terminou à 04’42” atrás de Roglic na Geral e Jack Haig (Bahrain Victorious) fechou o pódio com 7’40” atrás do ex-saltador de esqui.

É incrível, é uma loucura. Às vezes você ganha muito, às vezes muito pouco. Mas enquanto você pode ganhar, você tem que aproveitar. Não estou focado em números e estatísticas, eu só vou dia a dia. Eu gosto de dar o meu melhor e com certeza eu gosto.

Foi um dia muito bom e foram três semanas muito boas, então estou feliz por mim e pelos meus companheiros. Foi uma crono difícil, mesmo assim, gostei. Tentei me concentrar na vitória

Primoz Roglic
Primoz

A etapa

Primoz Roglic (Jumbo-Visma) fez o melhor tempo no percurso de 34 km da última etapa da La Vuelta, somando a sua quarta vitória em etapas na edição de 2021. Roglic bateu em em 14 segundos o tempo impressionante de Magnus Cort (EF-Nippo), líder durante grande parte da prova. Thymen Arensman (DSM) foi o terceiro colocado da etapa, 52 segundos atrás do esloveno.

Enric Mas (Movistar), penúltimo ciclista a largar, foi alcançado por Roglic nos metros finais e fez o 9º melhor tempo e assegurando o segundo lugar na classificação geral. Jack Haig (Bahrain-Victorious) terminou a etapa na 17ª posição e em terceiro na classificação geral. Adam Yates (Ineos-Grenadiers) chegou a ameaçar Haig no trecho inicial da etapa mas não conseguiu tomar seu lugar.

A classificação de montanha ficou com o Australiano Michael Storer (DSM) e a camisa verde de pontos ficou com o holandês Fabio Jakobsen (Deceuninck QuickStep). Gino Mader (Bahrain-Victorious) ficou com a camisa branca de ciclistas até 25 anos, depois de tomá-la de Egan Bernal (Ineos-Grenadiers) na etapa 20. O prêmio de melhor equipe ficou com a Bahrain-Victorious e o Dinamarquês Magnus Cort Nielsen foi premiado como o ciclista mais combativo e toda a La Vuelta 2021.

Melhores momentos – Etapa 21

Top 10 – Etapa 21

1- Primoz Roglic (Jumbo-Visma) – 0:44:02
2- Magnus Cort (EF Education-Nippo) – 0:00:14
3- Thymen Arensman (Team DSM) – 0:00:52
4- Josef Cerny (Deceuninck-QuickStep) – 0:01:16
5- Chad Haga (Team DSM) – 0:01:43
6- Egan Bernal Gomez (Ineos Grenadiers) – 0:01:49
7- Felix Grossschartner (Bora-Hansgrohe) – 0:01:52
8- Steven Kruijswijk (Jumbo-Visma) – m.t.
9- Enric Mas Nicolau (Movistar Team) – 0:02:04
10- Ion Izagirre Insausti (Astana-Premier Tech) – 0:02:06

Primoz

Classificação Geral

1- Primoz Roglic (Jumbo-Visma) – 83:55:29
2- Enric Mas Nicolau (Movistar Team) – 0:04:42
3- Jack Haig (Bahrain Victorious) – 0:07:40
4- Adam Yates (Ineos Grenadiers) – 0:09:06
5- Gino Mader (Bahrain Victorious) – 0:11:33
6- Egan Bernal Gomez (Ineos Grenadiers) – 0:13:27
7- David de la Cruz (UAE Team Emirates) – 0:18:33
8- Sepp Kuss (Jumbo-Visma) – 0:18:55
9- Guillaume Martin (Cofidis) – 0:20:27
10- Felix Grossschartner (Bora-Hansgrohe) – 0:22:22

Primoz
Enric Mas (Movistar Team), Primoz Roglic (Jumbo-Visma) e Jack Haig (Bahrain Victorious)

Camisas

La Roja: Primoz Roglic
Maillot verde: Fabio Jakobsen
Maillot de la montaña: Michael Storer
Maillot blanco: Gino Mader

Primoz
Michael Storer, Primoz Roglic, Fabio Jakobsen e Gino Mader

Veja mais no site oficial da La Vuelta, clicando aqui.

Fique ligado no SprintNews para mais matérias durante a prova e os resultados da disputa do La Vuelta 2021, clicando aqui.

Primoz
SprintNews